Transplante capilar: mitos e verdades

21 de fevereiro de 2024

Transplante capilar: conheça os principais mitos que cercam o procedimento

Se você sonha em realizar o transplante capilar mas se sente desencorajado pelas coisas que ouve por aí, saiba que muitos tópicos comumente abordados não são verídicos

O transplante capilar é uma intervenção cirúrgica que tem se popularizado nos últimos anos, impulsionada pela busca por soluções para problemas relacionados à calvície e falhas capilares. No entanto, esse aumento de interesse também tem gerado uma série de mitos que podem afastar muitas pessoas que desejam realizar o procedimento. 

Neste artigo, vamos desmistificar algumas dessas falsas crenças para esclarecer e encorajar aqueles que consideram o transplante capilar como uma opção para melhorar sua autoestima.

1. O transplante capilar é doloroso?

Mito! Contrariando a crença popular, o transplante capilar é um procedimento praticamente indolor realizado sob sedação e anestesia local. Os pacientes relatam apenas desconforto mínimo durante o processo.

2. É possível transplantar cabelo de outras pessoas?

Mito! O transplante de cabelo envolve apenas a realocação de folículos capilares do próprio paciente, o que garante a  compatibilidade genética e reduz os riscos de rejeição.

3. O cabelo transplantado irá cair após alguns anos?

Mito! Os folículos transplantados retêm a genética da área doadora, que é resistente à ação do hormônio DHT responsável pela queda de cabelo, assegurando assim que os novos fios sejam permanentes.

4. O procedimento deixa cicatriz alongada na região da nuca?

Mito! Graças aos avanços técnicos, o transplante capilar moderno permite a extração de unidades foliculares individualmente, minimizando ou eliminando completamente cicatrizes visíveis na área doadora.

5. O uso de boné após o transplante capilar pode prejudicar o resultado?

Mito! Desde que utilizado após o período de recuperação inicial, o uso de bonés ou chapéus não interfere no crescimento dos folículos transplantados.

6. O transplante capilar é indicado apenas para homens?

Mito! Atualmente, homens e mulheres podem se beneficiar igualmente do transplante capilar, adaptando-se às necessidades específicas de cada paciente e proporcionando resultados naturais e satisfatórios.

7. Quanto mais cedo se realizar o transplante, melhor?

Mito! O momento ideal para o transplante capilar é quando o padrão de calvície está estabilizado, geralmente em torno dos 30 ou 35 anos. Isso permite um planejamento mais preciso e resultados mais consistentes.

8. O resultado é artificial?

Mito! O transplante capilar utiliza exclusivamente cabelo natural do próprio paciente, resultando em uma aparência completamente autêntica quando realizado por um cirurgião competente.

9. Pacientes com calvícies extensas não podem realizar o transplante capilar?

Mito! Mesmo pacientes com calvícies avançadas podem se beneficiar do transplante capilar, embora seja necessário gerenciar expectativas quanto ao cabelo restaurado.

É essencial desmistificar essas falsas crenças que cercam o transplante capilar para que os pacientes possam tomar decisões informadas sobre seus cuidados com os cabelos.  

Caso tenha dúvidas, procure um profissional especializado, como a Dra. Vanessa da Clínica Mutton, para saná-las. Com a orientação adequada e o apoio de médicos qualificados, o transplante capilar pode ser uma solução eficaz e duradoura para restaurar a autoconfiança e a satisfação pessoal.

Dra. Vanessa Machado de Almeida Mutton

Dermatologista pela UNICAMP
Transplante Capilar FUE desde 2010 / CRM 80450 | RQE 20280

 
Array